1º Simpósio INIAV para a Segurança Alimentar promete debater alimentação do futuro

O evento, que acontece no próximo dia 28 de novembro, realiza-se no Auditório Municipal de Vila do Conde. A organização do evento fica a cargo do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I. P. (INIAV), mais especificamente do Polo de Vairão, que é também o Laboratório Nacional de Referência para a Segurança Alimentar.

Subordinada ao tema “Rumo à Alimentação do Futuro”, a primeira edição do evento tem o objetivo de agir como um espaço de partilha de conhecimentos e de diferentes perspetivas no âmbito da alimentação segura. Serão assim abordadas as novas tendências na produção de alimentos e os desafios inovadores na saúde animal e humana. Dentro do espectro, será discutida a garantia de uma alimentação segura, os riscos alimentares emergentes, a defesa da saúde dos consumidores, entre outros tópicos. 

Segundo a organização, o certame é dirigido a todos os profissionais ligados ao setor, assim como à comunidade científica da área de estudo. Apesar de ser ainda a primeira edição, o Polo de Vairão encara o evento como algo que terá seguimento nos próximos anos e como uma forma de dar a conhecer o trabalho da instituição na zona Norte.

A sessão de abertura será presidida pelo Conselho Diretivo do INIAV,  seguindo-se da primeira sessão, onde serão abordados os mecanismos de controlo da segurança dos alimentos em Portugal por Doutor Fernando Bernardo, Diretor-Geral da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). Segue-se a palestra sobre sistemas de controlo da segurança alimentar na Europa, pelo Professor Doutor Fernando Ramos, e os desafios futuros da segurança alimentar, pelo Doutor Jorge Barbosa.

No segundo painel do dia, a Dra. Cláudia Martins (Danone Brasil) apresentará os desafios na permanente melhoria da qualidade e segurança alimentar, seguindo-se uma palestra sobre as técnicas emergentes no controlo dos alimentos, proferida pela Doutora Isabel Castanheira (Departamento de Alimentação e Nutrição do instituto nacional de saúde Doutor Ricardo Jorge, I.P.). O conceito de “One Health” e a sua evolução serão explicados, pela Doutora Ana Botelho e, para encerrar a segunda sessão, o Doutor Lorenzo Pastrana, do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), avaliará o papel da nanotecnologia no setor alimentar em relação ao seu estado atual e perspetivas futuras.

A terceira sessão abre com a palestra intitulada “The Winning Combination for Food Security and Contaminant Analysis”, da Doutora Karima Baudin. Segue-se uma apresentação sobre o futuro do setor, proferida por Dr. Roy Kirby, e uma palestra, sobre os riscos e oportunidades das nanoparticulas em embalagens alimentares, realizada pela Professora Doutora Ana Luísa Fernando. Para finalizar esta sessão, o Professor Doutor José Teixeira explicará o contributo do Projeto MobFood, na mobilização de conhecimento científico e tecnológico em resposta aos desafios do mercado agroalimentar.

O último painel do evento é aberto pela Dra. Ondina Afonso, da Sonae MC, que apresenta o papel do retalho na segurança alimentar dos produtos. Segue-se uma apresentação sobre o papel do ensino em hotelaria na formação de profissionais da restauração, pelo Dr. Luís Correia, o papel do cluster na dinamização do conhecimento no setor agroalimentar, pela Dra. Deolinda Silva, e a análise sensorial na área, apresentada pelo Dr. Rui Costa Lima.

As inscrições estão abertas até à data do evento, realçando os descontos especiais para estudantes. Quem tiver interesse no envio de resumos para apresentação em painel, tem até ao próximo dia 31 de outubro para o submeter.

O INIAV criou uma plataforma online com toda a informação do evento. Pode consultar a mesma aqui.

Nota de Redação:

Artigo publicado na edição n.º 21 da Revista Tecnoalimentar.

Para aceder à versão integral, solicite a nossa edição impressa.