Laticínios: leite meio-gordo bom e barato

Por DECO

As embalagens dos laticínios devem indicar a origem do leite. O teste a 25 amostras de leite meio-gordo UHT e do dia revela que o produto à venda é de confiança.

leite

A origem do leite e dos seus derivados - caseínas, iogurtes, manteigas, natas, queijo e requeijão - deve estar indicada no rótulo.

O novo decreto-lei visa permitir que os consumidores escolham com base em informação credível. É ainda uma forma de os produtos lácteos nacionais serem reconhecidos em qualquer país, segundo o ministro da Agricultura, Capoula Santos.

Os rótulos devem indicar o país de ordenha e de transformação do leite e dos produtos que contêm esse ingrediente. Se a proveniência for a mesma, basta incluir a expressão "Origem: (nome do país").

Leite analisado à lupa

O leite UHT e pasteurizado à venda nos supermercados é de boa qualidade e não há muita variação entre as marcas. Os únicos fatores que realmente diferenciam o leite são o sabor e o preço.

Consulte o nosso teste para conhecer todas as marcas avaliadas e fazer a sua escolha. Todas as amostras, marcas próprias incluídas, merecem a confiança dos consumidores.

O leite, então, é todo igual? Não. No supermercado, olhe para o preço por litro. Com um preço médio de 56 cêntimos por litro, o UHT é o mais consumido e também mais barato do que o leite pasteurizado, vulgo leite do dia. Este custa, em média, 72 cêntimos.

Se uma família de quatro pessoas beber um litro de leite UHT por dia, e optar pelas Escolhas Acertadas, chega a poupar, em média, €188 por ano, o que dá para comprar mais 415 litros de leite.

Face à marca mais cara da nossa pesquisa (Ucal São Lourenço Premium), o preço mínimo (42 cêntimos) permite poupar até 57 cêntimos por litro.

No leite do dia, também há margem para poupar. Se comprar a Escolha Acertada mais barata — Milbona, do Lidl, a 52 cêntimos por litro — gasta menos 43 cêntimos face ao mais caro, a Mimosa Bem Essencial.

Ao fim de um ano, com as Escolhas Acertadas, são €35 de poupança, para o mesmo cenário. Siga com atenção as promoções dos supermercados e gastará ainda menos dinheiro.

Beber leite dá saúde, diz-se, e não é por acaso. Um copo fornece nutrientes essenciais. Para um adulto, que deve consumir 2000 kcal diárias, o ideal são mesmo dois copos por dia.

Todos os nutrientes, ou quase, se concentram num copo de leite: cálcio, fósforo, potássio, proteínas, vitaminas, hidratos de carbono. Ou seja, a maioria das substâncias de que precisamos para viver estão reunidas no leite.