Comissão Europeia reduz previsões de produção de leite em 2016

Em 2016, a produção de leite na União Europeia (UE) dos 28 será superior a 2015, apesar dos preços baixos pagos aos produtores e da recente ajuda publicada para a redução voluntária da produção de leite.

Contudo, estes fatores pressionaram para um atraso no crescimento em relação ao previsto anteriormente.

As últimas estimativas da Comissão Europeia (CE) apontam para um crescimento da produção de 0,9% em comparação a 2015, enquanto a sua estimativa anterior previa um aumento de 1,4%. O maior ou menor êxito do programa de redução voluntária poderia condicionar estas previsões.

A Comissão prevê ainda que a produção dos principais laticínios reduza em linha com as entregas de leite.

No entanto, os volumes de exportação de queijo e manteiga deviam diminuir mas cresceram para o conjunto de 2016 face a 2015, em 10% para o queijo e 25% para a manteiga.

As exportações de leite desnatado em pó podem reduzir 10% em 2016, em comparação como ano passado, devido aos grandes volumes vendidos este ano na intervenção, reduzindo a quantidade disponível de produto para a exportação.

O recente aumento dos preços acima da intervenção leva a prever que as exportações se reativem durante esta segunda metade do ano.

Fonte: Agrodigital