Salamanca: agroalimentar em destaque na Ecoraia

Decorreu em Vilar Formoso, no Centro de Cooperação Transfronteiriço no edifício da antiga Alfandega, a apresentação da 6.ª edição da “Feira Transfronteiriça Ecoraia”, que irá decorrer nos dias 10 e 11 de dezembro, no recinto de feiras de Salamanca.

O evento é organizado pela Associação de Municípios da Cova da Beira em parceria com a Diputación de Salamanca e tem como objetivo dinamizar o tecido produtivo e a coesão territorial através da promoção de produtos regionais.

Segundo o Presidente da Associação de Municípios da Cova da Beira, José Manuel Biscaia, o certame pretende dar uma maior visibilidade aos produtos agroalimentares de ambos lados da fronteira, incrementando a dinamização, modernização, internacionalização e diversificação do setor agroalimentar e turístico da Região da Beira Interior e Província de Salamanca.

Este ano em Salamanca, vão estar mais de 100 expositores, 55 portugueses e cerca de 50 espanhóis, representando 8 setores: vinhos, laticínios e derivados, azeite, enchidos, produtos secos, farinhas e derivados, marmeladas e conservas.

Quanto às novidades desta edição, o certame vai ter pela primeira vez, um espaço de showcooking em que participarão as Escolas de Hotelaria do Fundão, Manteigas, Instituto Politécnico da Guarda e Santa Marta de Tormes.

O Presidente da Associação de Municípios da Cova da Beira, aproveitou para anunciar outra novidade. O Sabugal irá receber no próximo Verão, o Festival Eco Raia, do lado português, noutro figurino, em espaço aberto, na rua de preferência.

São esperados entre 30 a 40 mil visitantes na 6.ª edição da “Feira Transfronteiriça Ecoraia” em Salamanca, nos dias 10 e 11 de dezembro, que poderão conhecer, provar e adquirir o que de melhor se produz na região.

Contribuir para a dinamização, modernização, internacionalização e diversificação do setor agroalimentar e turístico, quer da Beira Interior Norte, quer da Província de Salamanca, é o principal objetivo do certame.

Fonte: Rádio F