Intermarché investe 6 milhões em marca própria única

O Intermarché investiu 6 milhões na criação da PorSi, uma marca única para os produtos de marca própria da cadeia em Portugal. A cadeia tem como objetivo reforçar o peso da produção nacional nas referências de marca própria de 50% para 70%.

A empresa quer aumentar para 30% peso da marca própria nas vendas. A aposta surge numa altura em que, desde julho, abriram as primeiras lojas no mercado nacional de um novo operador, a Mercadona, que aposta forte nos produtos de marca própria, e num momento em que grandes cadeias de distribuição nacionais, como o Continente e o Pingo Doce, têm vindo a comunicar de forma mais intensiva os produtos de marca própria e a sua ligação à produção nacional.

É também um movimento nacional da cadeia com origem francesa há três décadas em Portugal. A uniformização da marca própria é algo que já tem vindo a ser trabalhado nos últimos anos. 

A portuguesa Grafe criou a marca PorSi. Nas prateleiras dos 250 supermercados os consumidores vão encontrar algumas declinações como a PorSi Select, a PorSi BIO ou a PorSi Viva Bem. “Basicamente estamos a falar de segmentos da marca mais especializados, como gourmet, biológicos, e alimentação equilibrada”, diz Martinho Lopes.

Contudo, nem todas as marcas próprias vão ser agregadas na nova marca chapéu.

PorSi arranca com um total de mil referências, esperando-se que no próximo ano o número suba para o dobro e para três mil em 2021. Atualmente, 50% dos produtos são e oriem nacional e planeia-se chegar-se aos 70%.

«Com esta alteração de imagem pretendemos criar uma identidade comum para a marca própria do Intermarché. Se até agora tínhamos muitas marcas, com PorSi vamos ter uma marca uniforme com a qualidade à qual já habituámos os nossos clientes, mas mais forte e mais próxima de quem diariamente visita as nossas lojas. O nosso objetivo passa assim por criar uma marca transversal, com uma gama que vai desde fraldas a arroz»

«Com este projeto estamos a apostar numa nova dinâmica, com vista a consolidar um maior reconhecimento por parte dos clientes. PorSi reflete a nossa aposta na portugalidade e na produção nacional, será a nossa marca-umbrella», justifica Martinho Lopes, administrador do Intermarché à plataforma Dinheiro Vivo.

Fonte: Dinheiro Vivo