Vendas de bens alimentares estão a subir em Portugal

Os vendas de alimentos nas lojas portuguesas aumentaram 2,7% nas últimas quatro semanas, face ao período homólogo de 2018. Se deixarmos de lado as marcas "próprias" dos distribuidores, o crescimento foi de 3,3%. 

bens de grande consumo

As vendas de Bens de Grande Consumo (BGC) aumentaram 3% nas últimas quatro semanas, face ao mesmo período do ano transato, de acordo com dados da consultora Nielsen. Os resultados referem-se aos produtos de compra frequente, incluindo alimentos e produtos de higiene e limpeza, e mostram um maior dinamismo para as marcas dos produtores (+3,2%) em detrimento das designadas "marcas próprias" da distribuição (+2,4%). 

Nos que se refere a produtos alimentares, as vendas cresceram 2,7% notando-se uma maior preferência dos portugueses pelos produtos de marca. As marcas deidas pelos fabricantes apresentam um aumento de 3,3% em vendas, nas últimas quatro semanas, enquanto as da distribuição expressam uma subida mais tímida, de 1,9%.

A categoria das bebidas é a mais dinâmica nas quatro semanas analisadas pela Nielsen, com um crescimento de 4,6%. Neste caso, a situação inverte-se, dado que as marcas da distribuição (+6,2%) apresentam um ritmo de crescimento acima do das marcas de fabricante (+4,3%).