Surto de listeriose humana em Espanha

A DGAV está a acompanhar a evolução do surto de listeriose detetado em 15 de agosto na Andaluzia, em Espanha.

Texto: Sofia Monteiro Cardoso

Até ao momento, o RASFF (Sistema de Alerta Rápido para a Segurança dos Alimentos na União Europeia) emitiu um alerta onde indicava que o produto contaminado com Listeria monocytogenes foi distribuído e comercializado exclusivamente em território espanhol.

A marca La Mechá não é comercializada em território nacional, nem produtos com origem no seu fabricante, a Magrudis, que retirou toda a sua produção do mercado quando se descobriu o surto, encontrando-se encerrada.  

Os viajantes que tiveram como destino Espanha e consumiram alimentos da marca devem adotar medidas preventivas. 

Em Portugal, a listeriose humana é uma doença de notificação obrigatória desde 2014, através do SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica). A listeriose é uma infeção causada pela bactéria Listeria monocytogenes habitualmente associada ao consumo de alimentos contaminados.

A listeriose tem adquirido uma posição muito relevante como infeção de origem alimentar, com um caráter ubiquitário do agente e a sua resiliência.

Saiba mais sobre a infeção aqui ou na edição nº 12 da Tecnoalimentar.