Que sistema de rejeição é o mais adequado para a sua aplicação alimentar?

Toby Kemp, diretor global de marketing da LOMA SYSTEMS® explica o porquê de não só ser essencial que os clientes tenham um sistema de inspeção adequado para a sua aplicação na indústria alimentar, como também é importante garantir que os produtos contaminados sejam devidamente removidos da linha de produção para manter os padrões de segurança e minimizar o tempo de inatividade.

Um mecanismo de rejeição deve remover rápida e eficientemente o produto contaminado da linha de produção para ajudar os fabricantes a cumprir com os regulamentos de segurança cada vez mais rigorosos e manter o tempo de operação. No entanto, com uma ampla gama de opções de rejeição disponíveis, pode ser difícil saber qual solução é mais adequada.

A escolha de uma opção de rejeição depende de vários fatores, incluindo o tipo de sistema de inspeção com o qual está conetado e a velocidade da linha, além de detalhes específicos do produto, como tipo, embalagem, tamanho e peso.

Stop On Direct

O sistema de rejeição mais simples e económico é o stop on detect (SOD). Pára a linha de produção uma vez que um produto contaminado é detetado, e assim, pode ser removido da linha. É perfeito para produtos pesados ou com forma irregular, bem como para produto contínuo ou a granel. Também é ideal para linhas de produção com espaço limitado, pois permite menores comprimentos de transporte. Esta rejeição é adequada para embalagens individuais de até 60kg no tapete a qualquer momento.


Jato de ar

A rejeição por jato de ar funciona com um bocal que é anexado ao tapete de saída fornecendo um fluxo para transferir o produto contaminado do tapete transportador para dentro de um recipiente de rejeição. Isso permite que a linha seja executada continuamente enquanto os pacotes são rejeitados, não havendo interrupção na produção.

Este tipo de rejeição é ideal para produtos embalados leves, como barras de granola ou sacos de batatas fritas. No entanto, não é recomendado para embalagens abertas ou embalagens frágeis que se possam danificar quando rejeitadas. O peso da embalagem para este sistema é de até 0,8 kg.

Empurrador

Para produtos mais pesados e embalados em embalagens rígidas, recomenda-se um mecanismo de rejeição do empurrador. Essa rejeição consiste em uma lâmina impulsora ligada a um braço que empurra qualquer produto contaminado do tapete transportador para dentro de um caixote de rejeição.

Pode vir do lado ou de cima dependendo de que produtos estão na linha. O peso máximo para os empurradores laterais e superiores é de 10kg. Uma opção de empurrador para produtos pesados também está disponível para produtos até 50kg, tendo uma cadência máxima de embalagem de 15ppm.

Tapete retrátil

Esta rejeição retrátil é ativada uma vez que um produto contaminado é detetado onde a correia se retrai em direção ao sistema de inspeção. Permite que o produto contaminado caia em um compartimento de rejeição.

É adequado para produtos contínuos ou soltos, itens que passam em faixas paralelas ao longo da correia transportadora, sacos de polietileno e saquinhos. Este tipo de rejeição tem um peso máximo de 5kg.

A LOMA SYSTEMS

A empresa é líder mundial no projeto e fabricação de sistemas de inspeção de deteção de metais, inspeção por raios X, controle de peso e combinação para as indústrias alimentar, farmacêutica e de embalagens. O equipamento LOMA foi projetado com o etos Designed to Survive®, tornando-o uma das máquinas mais confiáveis e robustas do mercado.

Os sistemas de inspeção da LOMA identificam os defeitos do produto e eliminam os contaminantes, proporcionando uma qualidade consistente e estão em conformidade com os padrões internacionais de segurança e com os códigos de conduta dos distribuidores. A LOMA pode atender às suas necessidades de inspeção e, com mais de 45 anos de experiência, o nosso nome é sinónimo de equipamento seguro, confiável e resistente, oferecendo o máximo de tempo de atividade, com baixo custo de propriedade.

Além de detetores de metais de alto desempenho, controladores de peso e equipamentos de inspeção por raios X, a LOMA SYSTEMS® oferece uma variedade de mecanismos de rejeição para aplicações na indústria alimentar incluindo carnes e aves, panificação, salgados, confeitaria, laticínios, produtos frescos e alimentos congelados e refrigerados.

A LOMA SYSTEMS® é uma empresa representada, em Portugal, pela Divertec. Saiba mais aqui.

Este artigo foi publicado na Tecnoalimentar Nº 21.