Politécnico de Bragança cria spray natural para conservar alimentos

Iniciativa surgiu após anos de pesquisa e de testes feitos por investigadores portugueses do Centro de Pesquisa de Montanha do Instituto Politécnico de Bragança.

alimentos

Eliminar o uso do plástico é um passo decisivo no caminho para conservar o planeta, e a partir disso surgem alternativas biodegradáveis como sacos de silicone, porém, um último avanço promete ser revolucionário: um spray protetor natural.

A iniciativa surgiu após vários anos de pesquisa e de testes desenvolvidos por investigadores portugueses do Centro de Pesquisa de Montanha do Instituto Politécnico de Bragança, segundo explicou à Agência Efe a coordenadora, Isabel Ferreira.

A solução está no extrato de uma planta comum e um polímero de algas a partir dos quais foi criado este spray para vaporizar os alimentos sólidos e protegê-los durante um período de tempo.

«Por enquanto, não podemos revelar a fórmula alcançada e nem a planta da qual obtivemos o extrato», afirmou Isabel, já que o processo para o registo da patente ainda não está concluído.

O novo produto, conhecido por “Spraysafe”, é feito a partir de extratos de plantas com capacidade antioxidante, conservante e antimicrobiana. Todos seus componentes têm base natural, por isso é mais sustentável.
Além disso, impermeabiliza os alimentos, o que reduz a desidratação e, dessa maneira, permite manter melhor os sabores e aromas.

O spray é mais sustentável comparado com a embalagem de plástico, com poupanças e sendo, assim, mais sustentável.

O produto está ainda a ser certificado em Portugal e tem ainda de ser aprovado pela Autoridade Europeia de Segurança Alimentar, que será a que, em última instância, dará permissão para que possa ser comercializado.