Estação Zootécnica de Santarém passa a Centro de Excelência para agro-indústria

A Estação Zootécnica Nacional de Santarém vai passar a “Centro de Excelência para a Agricultura e a Agro-indústria (CEAAI)”, de forma a criar condições para a valorização e transferência de tecnologia para os setores agro-pecuário e agro-industrial.

A medida resulta de um projeto aprovado no âmbito do programa de financiamento Alentejo 2020, envolvendo um investimento global de 5, 2 milhões de euros no novo centro de excelência alentejano gerido pelo Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV). 

Para isso, foi assinado um protocolo entre a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e o INIAV que visa recuperar, capacitar e expandir a Estação Zootécnica Nacional, que ocupa atualmente uma área de 240 hectares. O novo centro irá reunir conhecimentos e competências especializadas, alojar empresas inovadoras e dinamizar eventos de divulgação.

O complexo está instalado desde 1913 na Quinta da Fonte Boa, nos arredores de Santarém, e tem enfrentado ao longo das últimas décadas vários problemas ligados à falta de investimento nas instalações e equipamentos.

Pretende-se agora com este investimento dotar o CEAAI de “mais e melhores valências e competências no suporte tecnológico e laboratorial” e no apoio ao desenvolvimento e às exportações, como explica o jornal Público.