Produção mundial de vinho em 2018 deverá chegar aos 282 milhões de hectolitros

A produção mundial de vinho em 2018 deverá alcançar os 282 milhões de hectolitros, mais 31 milhões que no ano passado, segundo as primeiras estimativas da Organização Internacional do Vinho e da Vinha (OIV), que destaca que este será um dos valores mais elevados desde o ano 2000.

vinho

Na União Europeia, a vindima será superior em 19% face aos níveis do ano anterior.

Desta forma, a produção de vinho é estimada em 168,4 milhões de hectolitros, mais 27,2 milhões que em 2017.

Entre os principais países produtores europeus, as estimativas de colheita para 2018 são superiores às do ano passado.

Em Itália, aumentam 14%, para os 48,5 milhões de hectolitros, em França crescem 27%, para os 46,4 milhões de hectolitros, e em Espanha sobem 26%, para os 40,9 milhões de hectolitros.

Na Alemanha, atingem o valor de produção mais alto dos últimos 10 anos, cerca de 9,8 milhões de hectolitros.

Portugal e Grécia são os únicos países a experimentar uma redução da colheita em relação aos volumes de 2017.

Em Portugal, com 5,3 milhões de hectolitros, as condições meteorológicas propícias a ataques de míldio e oídio tiveram impacto na produção em 2018, com uma diminuição de 22% face a 2017.

Este é o valor mais baixo dos últimos seis anos.