“Portugal Sou Eu” estabelece protocolo com a Compta

  • 27 setembro 2017, quarta-feira
  • mercados

O “Portugal Sou Eu” acaba de celebrar um protocolo com a COMPTA - Emerging Business com vista à integração de produtos e serviços com o selo “Portugal Sou Eu” na plataforma de venda online PRODFARMER, de que a COMPTA é titular.

portugal sou eu

A PRODFARMER é uma plataforma de comércio eletrónico de intermediação e agenciamento de produtos agrícolas, disponibilizando uma solução que facilita a compra e venda online de produtos do sector agrícola e agroalimentar.

Como portal de venda direta entre o produtor, o retalhista e o consumidor, permite criar nichos de mercado segmentados e escoar produtos especializados, designadamente biológicos, gourmet, regionais, alimentos sem calibre estandardizado e vinhos, entre outros.

A plataforma oferece aos produtores um módulo de faturação online, módulo logístico e um canal de comunicação gratuito dos seus produtos.

Para a parceria “Portugal Sou Eu” este protocolo reflete uma ambição antiga de disponibilizar online a venda especializada de produtos com o selo Portugal Sou Eu.

A COMPTA, que também é empresa aderente ao Portugal Sou Eu, irá, a partir deste momento, contactar as empresas aderentes ao programa para estabelecer os respetivos acordos comerciais no sentido de integrarem a plataforma com o estabelecimento de condições preferenciais de promoção específica na plataforma à marca ‘Portugal Sou Eu’.

O “Portugal Sou Eu” pretende promover o consumo informado e dinamizar a oferta nacional com elevado valor acrescentado, como forma de melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

A fase II do programa “Portugal Sou Eu” foi lançada em agosto de 2016 e assenta numa reorientação estratégica no sentido de aumentar a notoriedade da marca “Portugal Sou Eu”, disponibilizar melhor informação aos consumidores e garantir um maior envolvimento da sociedade civil.

No portal "Portugal Sou Eu" estão registadas mais de 1.500 empresas nacionais, cujos produtos ou serviços estão em processo de qualificação.

O Selo “Portugal Sou Eu” é atribuído aos produtos e serviços com base em critérios de incorporação nacional, marcas e patentes, emprego nacional e valor acrescentado nacional da empresa.

O programa valoriza, através do Selo, a produção nacional de produtos, serviços e artesanato. Já a atribuição do Estatuto “Estabelecimento Aderente Portugal Sou Eu” destina-se às empresas do comércio, restauração e afins que comercializam produtos “Portugal Sou Eu”.

Os produtos e serviços que cumprem os requisitos de adesão ao Programa podem ser identificados pelo consumidor através do Selo “Portugal Sou Eu”:

O “Portugal Sou Eu” tem financiamento do programa Compete 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, e é gerido por um Órgão Operacional formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP, a quem compete coordenar este mesmo órgão.