Indústria alimentar estuda rótulos nutricionais com cores e uniformes na Europa

As multinacionais Unilever, Mars, The Coca-Cola Company, Mondelez, Nestlé e Pepsico criaram um grupo de trabalho para estudar a integração de um código de cores na rotulagem nutricional dos produtos distribuídos Europa.

O objetivo passa por complementar o esquema atual de Doses de Referência (D.R.) implementado voluntariamente pela indústria.

As seis empresas de grande consumo juntaram-se para «implementar um esquema sólido de rotulagem nutricional que ajude os consumidores a fazerem escolhas mais equilibradas e conscientes», lê-se na declaração pública endereçada às redações.

Marco Settembri, Executive Vice President Nestlé e Head of Zone Europe, Middle East and North Africa (EMENA) diz que «esta decisão é um passo lógico num caminho que começou em 2005, quando a Nestlé e outras companhias, foram pioneiras no estabelecimento do esquema de Valores Diários de Referência monocromáticos».

O grupo de trabalho está a «estudar a integração de porções no esquema de rotulagem nutricional com o código de cores atualmente existente e já aplicado no Reino Unido e na Irlanda».

Assim, as empresas pretendem que a interpretação dos rótulos seja mais intuitiva e esclarecedora e que encoraje a oferta de porções mais pequenas nos mercados.

«Paralelamente à reformulação e à inovação, as porções mais pequenas (baseadas em porções credíveis) desempenham um papel fundamental para ajudar o consumidor a fazer escolhas mais saudáveis e devem, assim, ser reconhecidas como tal num esquema evoluído de rotulagem nutricional».

Os progressos deste grupo de trabalho serão partilhados com outros intervenientes da indústria alimentar, retalhistas, ONGs e a Comissão Europeia.

Fonte: ANCIPA