Governo da Madeira dá auxílio complementar a viticultores

O apoio financeiro varia entre os 100 e os 250 euros de acordo com a área declarada no manifesto de produção do viticultor.

vinho

O Governo Regional da Madeira decidiu conceder um auxílio financeiro complementar aos viticultores entre os 100 e os 250 euros de acordo com a área declarada no manifesto de produção.

A resolução do executivo madeirense justifica este apoio ao setor da viticultura devido às «dificuldades subjacentes à pequena dimensão das explorações vitícolas”, da importância de certos fatores de produção como “os produtos fitofarmacêuticos e dos fertilizantes» de modo a se ter «uvas que cumpram os requisitos legais em vigor e com os parâmetros de qualidade».

Este apoio tem ainda em conta a insularidade e ultraperiferia da Madeira e os «sobrecustos» associados à produção de vinho com a designação IGP ‘Terras Madeirenses’, DOP ‘Madeirense’ ou DOP ‘Madeira’.

A resolução acrescenta ser «fundamental» e de «inegável interesse público» apoiar «o custo de aquisição de certos fatores de produção» de modo a «assegurar a sustentabilidade do setor da vitícola da Madeira».

Fonte: Jornal Económico