Exportações portuguesas para Angola caem 34%

As exportações de Portugal para Angola caíram 33,9% entre 2014 e 2015 para cerca de 2,1 mil milhões de euros, com o país a deixar de ser o principal parceiro das vendas extra União Europeia (UE) portuguesas.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), citados pela Lusa, as importações de Angola recuaram também para os 1,142 mil milhões de euros, 1,606 mil milhões de euros em 2014, com o saldo da balança comercial a estreitar-se para os 957 milhões de euros, 1,572 mil milhões de euros em 2014.

Os Estados Unidos da América (EUA) são agora o maior destino dos produtos portugueses fora da UE, com as exportações de Portugal para a maior economia do mundo a aumentarem 22%, face ao ano anterior, para 2,567 mil milhões de euros em 2015.

Nas importações, a posição cimeira é ocupada pela China, com as vendas deste país com destino a Portugal a avançarem 22%, face a 2014, para 1,778 mil milhões de euros em 2015.

Os EUA e o Brasil são também importantes fornecedores de Portugal fora da UE, com as importações destes países a rondarem, em 2015, os 996 milhões de euros e os 860 milhões de euros, respetivamente.

De acordo com os dados divulgados esta semana nas ”Estatísticas do Comércio Internacional”, as exportações de bens em Portugal aumentaram 3,7% em 2015, face a 2014, atingindo os 49,826 mil milhões de euros, enquanto as importações de bens cresceram 2,2%, totalizando 60,310 mil milhões de euros.

Registou-se assim um défice de 10,485 mil milhões de euros, menos 494 milhões de euros do que no ano anterior.