Empresas de produtos alimentares prevêem aumentar exportações

As empresas exportadoras de produtos alimentares e bebidas perspetivam, para 2019, um crescimento nominal de 1,7% nas exportações, de acordo com a segunda previsão Perspetivas de Exportações de Bens, divulgada, esta quinta-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística.

As empresas de produtos alimentares e de bebidas preveem um aumento nas exportações de 1,7% para países pertencentes à União Europeia (UE). Para países fora da UE, as previsões apontam para um crescimento de 1,9%. O total das empresas exportadoras perspetiva um crescimento nominal de 4% nas exportações em 2019. Para países da UE espera-se um aumento de 4,2%, enquanto que para países fora da UE as previsões apontam para um crescimento 3,4%. As empresas de material de transporte e acessórios surgem em destaque, perspetivando um crescimento nas exportações de 7,9%.

Na grande categoria económica de fornecimentos industriais, as companhias portuguesas apontam para um crescimento de 3,7 nas exportações. As empresas de máquinas, outros bens de capital e acessórios fazem uma previsão de um crescimento de 4,8%. Já nos bens de consumo, as previsões das empresas apontam para um crescimento de 1,2%.

Fonte: Jornal Hipersuper