Agrocluster Ribatejo debateu temática do “Packaging e Embalagem”

A necessidade de investir de forma inteligente no packaging e embalagem levou o Agrocluster a realizar em Santarém, um seminário de sensibilização sobre o tema. Esta foi a primeira de cinco sessões previstas no âmbito do projeto Agrocapacita.

Na sessão, dinamizada ao abrigo do projeto cofinanciado Agrocapacita, estiveram presentes diversas empresas do setor agroalimentar da região, que começaram por escutar João Torres Pereira, que foi responsável comercial de uma empresa ligada ao setor, e que falou sobre a sua experiência no lançamento de vários produtos ao longo da sua carreira profissional.

Seguiu-se a intervenção de Pedro Bispo, profissional com vasta experiência no setor do embalamento, e que aprofundou a importância do packaging e embalagem para as empresas.

O orador explicou que a embalagem é uma forma de divulgar, promover, acomodar e proteger o produto, mas também de comunicar e informar sobre o mesmo, diferenciando-o face aos concorrentes.

A embalagem define também o valor atribuído ao produto, através do interior e especialmente do exterior, onde é possível a uma marca comunicar diretamente com o mercado atribuindo valores emocionais ao produto que influenciam a decisão final de compra.

O seu design e mensagem são, por isso, fatores tão importantes como a própria marca, uma vez que vez que influenciam a compra, o que se reflete naturalmente no crescimento das vendas.

O projeto Agrocapacita - Capacitação do Setor Agroalimentar é financiado pelo Alentejo 2020, e tem como objetivo «preparar as empresas do setor agroalimentar para enfrentar os desafios que decorrem de dinâmicas de mercados altamente exigentes e competitivos, exigindo um esforço de inovação crescente».

Este seminário sobre Packaging e Embalagem foi o primeiro de cinco seminários previstos no âmbito do Agrocapacita e que têm como objetivo capacitar as empresas do setor.

Mais informações sobre o Agrocapacita podem ser consultados junto do portal do Agrocluster Ribatejo em www.agrocluster.com, entidade que está a dinamizar o projeto.

Fonte: O Mirante