Setor orgânico: retalhistas pedem regulamentação

O EuroCommerce, o grupo que representa os retalhistas na Europa, apelou a «regras baseadas em risco, proporcionais e pragmáticas» que facilitarão o crescimento sustentado e sustentável do setor biológico.

O pedido do EuroCommerce deriva do facto de, atualmente, a procura por produtos orgânicos exceder a capacidade a que os agricultores podem produzir.

O EuroCommerce diz que isso se deve ao facto dos regulamentos relativos ao «orgânico» serem muito rigorosos.

«Controlos excessivamente complicados e desnecessários, certificação e requisitos ambientais tornarão os produtos orgânicos ainda mais caros para os consumidores e vão impactar negativamente no consumo», diz o diretor geral do EuroCommerce, Christian Verschueren.

«O EuroCommerce não se opõe a regras claras, mas elas precisam ser apropriadas para um mercado onde já é difícil atender à crescente procura. Precisamos de aumentar e não sufocar a produção e as vendas de produtos orgânicos».

Fonte: Grande Consumo