Qualidade é a principal razão na hora de comprar azeite

A qualidade é para os consumidores a principal razão na hora da aquisição de azeite virgem extra, para além dos benefícios para a saúde e o seu sabor como produto totalmente natural, de acordo com um estudo encomendado pelo Grupo Acesur sobre a compra e o consumo deste alimento em Espanha.

De acordo com os dados, é a mulher que, em 73% dos lares espanhóis, decide qual categoria e marca de azeite virgem extra que é comprada, com base na qualidade de um produto, sem aditivos ou conservantes.

Especificamente, na compra de azeite, 33,1% dos consumidores optam pela qualidade, 18% por ser um alimento saudável, 16% pelo seu sabor, 12,3% por ser um produto espanhol, 11% pelo seu preço e 5,3% por ser um produto natural, do que poderíamos chamar "do campo para a mesa".

Para Juan Pedro Pérez-Serrabona, diretor de marketing da Coosur, estes dados demonstram, entre outros aspetos, «a consciência crescente dos consumidores no que diz respeito ao mundo do azeite em geral e ao de virgem extra em particular, representando para o sector de negócios maior responsabilidade para estar à altura da qualidade e excelência exigida dos nossos produtos pelos nossos clientes, ao mesmo tempo, devemos continuar a promover o conhecimento de tudo o que é e significa o mundo do azeite».

Nesse sentido, a Acesur promove, por meio da Fundação Juan Ramón Guillen, o conhecimento do setor da azeitona «tão importante para Espanha em geral e para a Andaluzia em particular».

Outras motivações para comprar azeite extra virgem são as recomendações de amigos e familiares, a versatilidade do uso do azeite na gastronomia, uma promoção atraente ou um anúncio nos meios de comunicação.

Um dado significativo do estudo é a crescente importância do azeite virgem extra no carrinho de compras, com nove em cada 10 consumidores a ser um comprador regular deste produto.

O estudo destaca um maior conhecimento e procura dos consumidores na hora de comprar azeite, o peso da dona de casa, da mulher na hora de adquirir certo tipo e marca de azeite, bem como os critérios que prevalecem no seu consumo, que estão relacionados à qualidade, com ser um produto natural e a sua contribuição comprovada para a saúde e bem-estar. 

Fonte: Grande Consumo