Contaminantes alimentares: um contributo para a Segurança Alimentar

A 20 de setembro de 2016 terá lugar no Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa, um simpósio dedicado aos contaminantes alimentares e avaliação de risco: um contributo para a Segurança Alimentar.

A principal via de exposição a contaminantes químicos é a via alimentar pelo que a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) estabeleceu como obrigatória a análise dos riscos (Risk Analysis) associados à cadeia alimentar, recordam os promotores.

E lembram: «a análise de riscos considera três áreas distintas: a avaliação (Risk Assessment), a gestão (Risk Management) e a comunicação (Risk Communication) do risco. A EFSA considera que a avaliação do risco associado ao consumo de alimentos potencialmente contaminados com perigos alimentares contribui de forma crucial para a melhoria da segurança alimentar e da confiança dos consumidores».

«A avaliação do risco, definida como uma avaliação científica dos efeitos adversos conhecidos ou potenciais resultantes da exposição humana a perigos alimentares, consiste em quatro passos distintos e interrelacionados: a identificação do perigo, a caracterização do perigo, a avaliação da exposição e a caracterização do risco», realça a organização.

O presente simpósio irá clarificar os conceitos associados a cada área, analisar os dados existentes e as principais lacunas de informação necessárias para estudos de avaliação do risco.

A iniciativa destina-se a profissionais da saúde, operadores do setor alimentar, membros PortFIR, laboratórios, comunidade científica e universitários.

Saiba mais aqui.