Centromarca subscreve declaração para a reutilização de dez milhões de toneladas de plástico no fabrico de novos produtos até 2025

A Centromarca (Associação Portuguesa de Empresas de Produto de Marca), através da sua congénere AIM (European Brands Association ), é uma das mais de 100 signatárias da declaração da Circular Plastics Alliance, que assume o objetivo de utilizar, até 2025, dez milhões de toneladas de plástico reciclado para fabricar novos produtos.

«Há muito que existe a preocupação de diminuir a quantidade de plástico nos produtos. Esta aliança vem ao encontro deste objetivo e pretende o reforço da reciclagem do plástico na Europa. A nós, Centromarca, deixa-nos particularmente satisfeitos pelo facto de os compromissos assumidos pelos diferentes signatários permitirem atingir, e até mesmo ultrapassar, as dez milhões de toneladas de plásticos reciclados utilizados na Europa até 2025», afirma Pedro Pimentel, Diretor-Geral da Centromarca.

Esta aliança, criada em torno da economia circular do plástico, conta já com mais de 100 parceiros públicos e privados que operam na cadeia de valor dos plásticos.

A declaração assinada pelas entidades prevê a melhoria da conceção dos produtos de plástico, para os tornar mais recicláveis; a identificação de potencialidades inexploradas de recolha, triagem e reciclagem de resíduos de plástico em toda a UE; a definição de uma agenda de investigação e desenvolvimento para o plástico numa economia circular; e estabelecimento de um sistema de monitorização transparente e fiável para seguir todos os fluxos de resíduos de plástico na UE.

De acordo com a Comissão Europeia, a declaração da Circular Plastics Alliance mantém-se aberta à adesão de mais signatários, em especial de autoridades públicas de toda a Europa.