1/3 dos produtos são enviados em embalagens com o dobro do tamanho

embalagem

Um estudo da empresa de packaging DS Smith revelou que cerca de um terço dos produtos são enviados em embalagens com, pelo menos, o dobro do seu tamanho.

De acordo com o inquérito "The Empty Space Economy", este excesso de espaço vazio representa a emissão de 122 milhões de toneladas de dióxido de carbono, o equivalente à pegada de carbono anual da Bélgica, Paquistão ou Argentina.

Alessandro Fluvi, diretor de marketing de packaging da DS Smith, alerta que remover estes espaços em branco significa a poupança de milhares de milhões de euros em custos de envio, custos estes que, normalmente, são refletidos no consumidor.

Não obstante, esta não é uma das prioridades dos principais gestores do setor, segundo apurou o estudo.

«À medida que o e-shopper se torna mais maduro, deixa de ser aceitável a mera entrega dos produtos a tempo e horas e sem danos. O excesso de packaging é um motivo de frustação para os consumidores e cria uma má experiência da marca.

Fonte: Grande Consumo